Reis

Dia de Reis

Durante a Idade Média, a Igreja Católica expandiu seu culto utilizando a figura dos magos. Portanto a história transformou-os em reis vindos de longínquas partes da terra; desta forma, Melquior, transformou-se num senhor de raça e barba branca, em alusão aos povos europeus; Gaspar era o representante do oriente, também com a pele branca mas com barba castanha; por último, Baltazar foi transformado num negro proveniente da África (chegou-se inclusive a representá-los sobre um cavalo, um camelo e um elefante, respectivamente).

reis-magos-presentes

A celebração do Dia de Reis corresponde à “Epifania do Senhor”, ou seja, o dia em que Jesus foi apresentado publicamente pela primeira vez. Entretanto, a lenda dos Reis Magos que trouxeram presentes para o Messias, fez com que o dia 6 de Janeiro fosse consagrado popularmente em sua homenagem; principalmente na América Latina, onde tradicionalmente as crianças escrevem cartas aos Reis Magos e recebem presentes deles. De fato, a figura dos Reis Magos como os que trazem presentes é mais forte nos países de língua hispana que a própria figura de Papai Noel, que domina nos países de língua inglesa.
Faz parte da tradição que na noite de 6 de Janeiro, comemore-se com um jantar em família, coroado pela tradicional rosca de reis, dentro da qual vai escondida uma surpresa. Em alguns países quem encontra a surpresa é escolhido como rei da noite, enquanto em outros, como no México, quem encontra o bonequinho do “Menino Jesus’ se torna o padrinho devendo batizá-lo no dia 2 de Fevereiro e convidar novamente o grupo para comer tamales (pamonha mexicana) e tomar atole (bebida a base de milho).

Anúncios